O Saber e o Fazer
10/04/2014
FCCR e CECP lançam novo Caderno de Folclore

A Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR) e o Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP) – responsável pela gestão do Museu do Folclore – lançam neste domingo (13), às 15h, o 23º volume da Coleção Cadernos de Folclore, intitulado ‘O Saber e o Fazer no Museu do Folclore II’. A solenidade será na área externa do Museu do Folclore (Avenida Olivo Gomes 100 – Parque da Cidade).

A obra retrata o perfil de 13 ‘fazedores’ da cultura popular de São José dos Campos, a partir de pesquisas realizadas pelos historiadores Fábio Martins Bueno e Maria Siqueira Santos, com fotos de Francisco José Lacaz Ruiz (Chico Abelha).

Os ‘fazedores’ são Júlio Cesar Ribeiro, Vitor Ribeiro e Luiza Maria Ribeiro, Pedro Adão Paulino, Miguel Fernandes de Faria, Saturnino de Barros Silva, Agenor Lessa, Sofia de Faria Ramos, José Augusto Ramos, Margarida Liesack Baptistini, Fátima Regina Capinam, Cândida Morais Bernardes e Irma Valiante. 

O tema do livro é abordado pela segunda vez. A primeira foi em 2012, também baseada no Projeto Museu Vivo, realizado há 15 anos pelo Museu do Folclore como forma de valorizar e preservar o ‘saber e o fazer’ da cultura popular local. Neste período, cerca de 140 ‘fazedores’ já passaram pelo projeto.

Fábio Bueno e Maria Siqueira enfatizam que a obra é uma forma de promover os ‘fazedores’ e seus ‘saberes’ junto à comunidade e às instituições públicas e privadas de São José e do Brasil. Para eles, o livro é uma parte importante da ação de salvaguarda desenvolvida pelo Museu do Folclore.

A edição tem uma tiragem de 1.500 exemplares (colorido, 108 páginas, tamanho 21cm x 24cm) e será distribuído gratuitamente durante o lançamento. Posteriormente, serão enviados exemplares às bibliotecas, escolas, universidades, instituições do gênero e outras entidades.

Também ficará à disposição para consulta e empréstimo na Biblioteca Maria Amália Corrêa Giffoni, do Museu do Folclore; podendo, ainda, ser lido pela internet, no blog do CECP.

Autores e fotógrafo

Fábio Martins Bueno é graduado em História pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), possui os títulos de especialista em História Social e mestre em História Social, na linha ‘Culturas, Representações e Religiosidades’. Trabalha como docente e pesquisador na área de patrimônio cultural. Tem experiência como escritor de textos acadêmicos e didáticos. É autor do 22º volume da Coleção Cadernos de Folclore, ‘O saber e o fazer no Museu do Folclore’ (2012).

Maria Siqueira Santos também é graduada em História pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), onde tem mestrado na área, e em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Foi professora de História na rede pública de ensino e orientadora on-line no programa Redefor/Unicamp. Já trabalhou como professora de inglês e com produção de programa de rádio. Tem experiência como redatora e editora de textos acadêmicos e didáticos.

Francisco José Lacaz Ruiz (Chico Abelha) é pesquisador e fotógrafo autodidata. Por 30 anos viveu na zona rural de São José dos Campos, onde registrou e divulgou (em rádios comunitárias) os ‘saberes’ e ‘fazeres’ do homem do campo. Realiza e divulga (pelas redes sociais) produções audiovisuais independentes de diversas manifestações folclóricas da região. Nos anos de 2011, 2012 e 2013 Chico Abelha identificou e registrou (em vídeo, foto e texto) informações sobre diferentes manifestações da cultura popular local para o Projeto Piraquara, da Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR). Realiza atualmente a identificação de novos ‘fazedores’ para o Projeto Museu Vivo do Museu do Folclore, da FCCR.

Mais notícias
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Governança