Alimentação em Pauta
31/07/2014
Museu do Folclore
O tema escolhido para este ano enfatiza a cultura da mandioca, como parte da agricultura popular

Museu enfatiza agricultura popular para comemorar Mês do Folclore
O Museu do Folclore de São José dos Campos vai abrir nesta segunda-feira (4 de agosto) o agendamento das escolas interessadas em participar da programação especial do Mês do Folclore. As atividades ocorrerão de 26 de agosto a 5 de setembro e são destinada a alunos da educação infantil e do ensino fundamental, da rede pública e privada do município.

O tema escolhido para este ano enfatiza a cultura da mandioca, como parte da agricultura popular, e foi baseado no interesse crescente da sociedade pela alimentação e agricultura orgânica, permagricultura e agricultura familiar. Prova disso é que a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) elegeu a agricultura familiar como seu tema deste ano.

A mandioca é uma planta nativa da América e foi o principal produto agrícola das nações indígenas quando os portugueses chegaram ao Brasil. Desde então o produto passou a ser essencial na vida das populações rurais e alimento básico do povo brasileiro. Hoje a mandioca é cultivada e utilizada como alimento em todas as regiões do país.

A expectativa é atender até 6.400 crianças em oito dias de programação, com atividades teóricas e práticas sobre a mandioca, como contação de lenda, simulação de plantio, discussão sobre culinária, degustação do produto (cozido), produção e comercialização de farinha.

As atividades serão realizadas de terça a sexta-feira, de manhã e de tarde, com atendimento de até 400 crianças por período. Nos dois primeiros dias (26 e 27) serão atendidos alunos de educação infantil e nos demais os de ensino fundamental.

O Museu do Folclore, da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, fica na Avenida Olivo Gomes 100, Parque da Cidade, Santana.

Mais notícias
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Governança