Proteção do patrimônio imaterial é tema de encontro em SJC
17/10/2014
Analisar possibilidades do Poder Legislativo de estabelecer projetos de leis para proteção do patrimônio imaterial da cultura joseense. Esse é o principal objetivo do encontro de mestres da Cultura Popular de São José dos Campos com vereadores nesta segunda-feira (20), às 19h, na Sala Nicolau Estéfano, da Câmara Municipal (Rua Desembargador Francisco Murilo Pinto 33).

A intenção é criar e instituir políticas públicas para estruturar no município a valorização da cultura popular. No Brasil, alguns estados, como Alagoas, Ceará e Pernambuco, possuem leis estaduais e municipais de reconhecimento das atividades dos mestres detentores da cultura local.

No Congresso Nacional, tramita atualmente o Projeto de Lei 1.176/ 2011, que Institui a Política Nacional de Proteção e Valorização dos Conhecimentos e Expressões das Culturas Populares e Tradicionais.

Em 2013, a Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR) lançou a primeira edição de dois editais de premiação: “Mestre Cultura Viva”, que premiou dez mestres com o valor de R$ 5 mil (sendo dois deles in memoriam – Mestre Zé Mira do Jardim Paulista e Mestre Antonio Gusmão da Vila Tesouro) – e dez grupos de “Culturas Populares”, com o valor de R$ 10 mil, reconhecendo a resistência na preservação da Cultura tradicional do povo joseense.

Mestres da cultura são pessoas que detêm saberes e fazeres culturais, sociais e espirituais relacionados às tradições ancestrais que formam a essência da diversa cultura brasileira, possuindo assim importantes papéis na preservação da cultura local.

Mais notícias
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Governança