Fortalecimento Cultural
06/03/2015
CECP assina contrato com a Petrobrás para projeto de ecomuseu

O Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP) assina nesta segunda-feira (9), às 10h, na Refinaria Henrique Lage (Revap), um contrato com a Petrobras para desenvolver o projeto ‘Ecomuseu: um território, um patrimônio, uma comunidade’, que abrangerá moradores do bairro Campos de São José, na região leste da cidade.

O projeto do CECP faz parte do grupo de 57 contemplados na seleção pública realizada ano passado pela empresa para o Programa Petrobrás Socioambiental. No total, 250 projetos foram avaliados, sendo aprovados 33 do Estado de São Paulo, 11 do Paraná, oito do Rio Grande do Sul e cinco de Santa Catarina. O Vale do Paraíba emplacou 10 projetos, quatro deles abrangendo São José.

“Nossa intenção é começar o trabalho logo após a assinatura do contrato, com o processo de seleção e contratação da equipe”, ressalta a presidente do CECP. A Petrobrás está investindo R$ 16 milhões nos projetos selecionados e cada entidade receberá até R$ 300 mil para aplicar no período de dois anos.

A proposta do ecomuseu, apresentada pelo CECP, consiste numa ação museológica que buscará identificar e fortalecer o patrimônio cultural e natural da comunidade do bairro. O trabalho será desenvolvido com a participação dos moradores, de forma colaborativa. “Uma vez identificado o patrimônio, a comunidade será convidada a participar de sua gestão, de forma que ela se torne parte do desenvolvimento local”, explica a presidente.

O projeto será realizado ao longo de dois anos, devendo envolver 4 mil moradores, sendo que cem deles terão participação direta nos trabalhos, frequentarão seminários, oficinas, assembleias, reuniões e feiras. As atividades serão realizadas por uma equipe de cinco pessoas ligadas ao CECP, mais palestrante e oficineiros, em dois grandes ciclos anuais.

Mais notícias
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Governança