Homenagem
12/06/2015
 Maria Benedita dos Santos, a Dona Lili
A história da figureira Maria Benedita dos Santos, a Dona Lili, pode ser conferida em matérias de jornais, livros e vídeos

Museu do Folclore mantém exposição dos trabalhos de Dona Lili figureira

A figureira Maria Benedita dos Santos, a Dona Lili, que morreu na madrugada do dia 5 de junho aos 96 anos de idade, deixou um legado importante e rico para a cultura do Vale do Paraíba.

Seus ‘saberes’ podem ser identificados nos muitos trabalhos que produziu, a maioria figuras de barro. A história de Dona Lili pode ser conferida em matérias de jornais, livros e vídeos.

Hoje algumas peças criadas por ela podem ser apreciadas na exposição de longa duração do Museu do Folclore (Avenida Olivo Gomes, 100, Parque da Cidade, Santana). Na Sala Festas estão expostas as figuras de um bandeireiro e de uma procissão, todas representando a Festa do Divino Espírito Santo.

Um pouco da sua história também está no vídeo ‘Chuva de Anjos – Figureiros do Vale do Paraíba’, à disposição na exposição, na biblioteca do museu e na internet e no 22º volume da Coleção Cadernos de Folclore, também disponível na biblioteca do museu e na internet. A biblioteca do museu tem ainda fotos de Dona Lili e recortes de jornal com matérias sobre ela.

Recordação

“Eu conheci a Dona Lili e o seu trabalho na casa dela, quando ainda fazia pequenas casinhas utilizando material de caixa de fósforo e também as figuras de barro, feitas sempre a partir de alguma história real. E quando não havia, ela inventava”, conta Angela Savastano, presidente do Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP).

“Quando inauguramos o Museu do Folclore de São José dos Campos, em 1997, ainda não tínhamos uma exposição montada, mas em uma das salas fizemos questão de montar um presépio com peças feitas pela Dona Lili”, lembra.

O Museu do Folclore tem gestão do Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP), associação social sem fins lucrativos que mantém convênio com a Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR), que juntamente com a Prefeitura Municipal é responsável pelas realizações desta unidade cultural.

Mais informações pelo telefone 3924-7318.

Mais notícias
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Governança