CECP reúne moradores no projeto Ecomuseu Campos de São José
29/06/2015
O Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP), de São José dos Campos, realiza nesta terça-feira (30), às 19h30, uma reunião com os moradores do bairro Campos de São José, na região leste, onde a entidade desenvolve o projeto Ecomuseu Campos de São José.

A reunião será na EE Valmar Lourenço Santiago (Rua Dantas Luiz do Prado, 345). Esta é a primeira de muitas outras reuniões que o CECP pretende realizar durante os dois anos de duração do projeto.

O objetivo deste primeiro encontro é informar sobre o projeto e explicar como os moradores podem participar. “Isto porque, a identificação e o envolvimento deles com o projeto são fundamentais para o desenvolvimento das ações”, ressalta Maria Siqueira Santos, coordenadora do Ecomuseu. Durante o período de desenvolvimento do projeto, também estão previstas outras ações, como feiras de produtos feitos pelos próprios moradores.

O evento contará com a presença de Odalice Priosti, coordenadora de Estudos e Projetos do Núcleo de Orientação e Pesquisa Histórica – Ecomuseu de Santa Cruz, do Rio de Janeiro. Ela conversará com os moradores sobre as experiências da iniciativa carioca, a primeira do Brasil.

Ecomuseu

O projeto Ecomuseu Campos de São José busca, por meio de ações ecomuseológicas, identificar o patrimônio cultural da comunidade local, visando incentivar e estimular os moradores a alcançarem o desenvolvimento do bairro usando seus próprios saberes e fazeres. “Quando as pessoas se conscientizam do patrimônio cultural que têm se sentem capazes de transformar a realidade do local onde vivem”, enfatiza a presidente do CECP, Angela Savastano.

O projeto Ecomuseu Campos de São José foi um dos 56 contemplados na seleção pública realizada no final do ano passado pela Petrobras, como parte do Programa Petrobras Socioambiental.

A primeira visita oficial ao bairro, após assinatura de contrato com a empresa, foi no dia 25 de março e desde então pesquisadores vêm fazendo contatos diários com os moradores, procurando identificar o patrimônio cultural de cada um. Até o mês de junho, 156 pessoas de 123 famílias já haviam sido visitadas.

A realização é do CECP, com apoio da Prefeitura de São José, Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR), Museu do Folclore de São José dos Campos, Associação Brasileira de Ecomuseus e Museus Comunitários (Abremc) e Comissão Nacional do Folclore (CNF).

Mais notícias
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Governança