Desenvolvimento
26/02/2016

Carregando imagens...

PqTec: Centro de Desenvolvimento em Manufatura é inaugurado
As pequenas e médias empresas de São José dos Campos ganharam uma nova estrutura de apoio com a inauguração, nessa quinta-feira (25) no Parque Tecnológico, do Centro de Desenvolvimento em Manufatura (CDM).

Resultado de uma parceria entre a Prefeitura, o Governo do Estado e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), o CDM será gerenciado pelo CECOMPI. Ao todo, foram investidos R$ 4,2 milhões, sendo R$ 3,5 milhões do governo estadual e R$ 700 mil da Prefeitura e do Parque Tecnológico.

“O CDM irá possibilitar a pesquisa e o desenvolvimento de novos processos e produtos por empresas de pequeno e médio porte que não dispõem de espaço ou tempo, mas querem investir em P&D”, afirmou Marcelo Sáfadi, diretor executivo do CECOMPI.

“Essa nova estrutura é muito importante, porque proporcionará às pequenas e médias empresas do setor industrial um aumento de produtividade e uma maior competitividade no mercado global”, disse o assessor de fomento econômico e financeiro da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (SDECT).

O diretor geral do Parque Tecnológico, Marco Antônio Raupp, ressaltou que o novo centro é um investimento para a indústria da região. “A economia de São José é centrada na indústria, portanto, investir em manufatura, em automatização e em aperfeiçoamento de processos é crucial. Neste novo Centro temos equipamentos que vão ajudar no desenvolvimento das empresas residentes no Parque ou associadas aos clusters do CECOMPI, mas também das empresas de toda a região”, destacou.

Alexi Condor, diretor da Databot, uma empresa sediada no Parque Tecnológico que desenvolve sistemas inteligentes voltados para o aumento de produtividade, a redução de custos e a melhoria da qualidade dos processos produtivos, é um dos responsáveis, juntamente com a equipe do CECOMPI, pela realização de projetos na área de Smart Manufacturing no CDM.

“Muito tem se falado de indústria 4.0, uma prática que chegou a dobrar a produtividade das grandes fabricantes de automóveis e aeronaves nos Estados Unidos e na Europa, mas que ainda não se difundiu por aqui. Agora temos disponível no CDM toda esta tecnologia. Isso vai ajudar e muito a nossa cadeia aeronáutica, que precisa se modernizar para atingir novos mercados”, disse Condor.

O conceito de Smart Manufactoring inclui equipamentos inteligentes, linhas de produção com robôs que interagem com os operários e softwares que captam, analisam e processam milhões de dados on-line com inteligência artificial.

Mais notícias
Inovação e Desenvolvimento Econômico
Governança