Procon alerta
22/05/2017
Fachada do Procon
O Procon recebeu, desde o início deste mês, oito reclamações de vítimas da fraude, com valores que variam de R$ 400 a R$ 12 mil

Consumidores devem ficar atentos ao golpe do boleto falso
O Procon de São José dos Campos vem recebendo queixas sobre a aplicação de um novo golpe na praça. Fraudadores ligam para os consumidores, passando-se por funcionários de empresas com reclamações, conseguem os dados e, em seguida, lhes enviam boletos para pagamento, afirmando que problema foi solucionado. Desde o início do mês até o momento, foram oito vítimas desse tipo de fraude, com valores que variam de R$ 400 a R$ 12 mil.

O Procon alerta a população para tomar todas as precauções antes de pagar qualquer boleto bancário. É preciso que o consumidor verifique todos os dados impressos, como o número do banco, CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) da empresa emissora, data de vencimento do título.

Também é necessário prestar atenção se a numeração do código de barras corresponde ao da parte de cima da fatura. Outra recomendação importante: o valor cobrado tem de corresponder ao que é devido pelo consumidor. As dicas valem tanto para os boletos impressos de sites na internet quanto os que chegam na residência pelos Correios.

Essa fraude é criminosa. A primeira medida, de imediato, é registrar boletim de ocorrência na delegacia mais próxima. Pelo boleto, a polícia pode identificar para que conta de banco o depósito em dinheiro foi feito e consegue chegar ao fraudador.

Se for vítima do golpe, o consumidor deve fazer contato com a empresa e mostrar os comprovantes de pagamento realizados. Mesmo que seja uma fraude de terceiros, esse é um vício oculto de serviço, em que o cliente não tem como identificar. Portanto, a emissora do boleto tem de responder solidariamente por esse problema.

Mais notícias
Apoio Jurídico