250 anos São José
27/07/2017

Carregando imagens...

Festejos começam com eventos religiosos e entrega do Bandeirante
As festividades oficiais nesta quinta-feira (27), dia em que São José comemora 250 anos, começaram cedo. Às 6h30, o culto de ação de graças na Igreja Cristã Evangélica Central, na região central, foi comandada pelo pastor presidente da igreja, Valdemberg Viana, e pelo presidente do Conselho de Pastores e Ministros Evangélicos, José Júnior de Mendonça. 

Dando prosseguimento às atividades, às 8h, foi realizado o hasteamento de Bandeiras na orla do Banhado, acompanhado por cerca de 200 pessoas. 

A solenidade, durante a qual foram executados os hinos nacional e de São José, também contou com o tradicional parabéns. Participaram autoridades como o vice-diretor do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeronáutica), major-brigadeiro Fernando César Pereira Santos, e o comandante do 46° Batalhão de Policiamento Militar de São José, tenente-coronel Ulisses Antônio da Cunha Pereira.

Às 9h, foi celebrada missa de ação de graças na Igreja Matriz pelo bispo da Diocese de São José, dom José Valmor César Teixeira, com a ajuda do pároco da igreja, José Cândido.

Bandeirante

Fechando os eventos oficiais da manhã, às 11h, o protótipo do avião Bandeirante foi devolvido oficialmente ao Parque Santos Dumont.

A solenidade foi acompanhada por cerca de 400 pessoas e contou com a presença do engenheiro aeronáutico Ozires Silva, ex-presidente da Embraer, que foi piloto de testes da aeronave, a primeira produzida pela empresa. Também compareceu ao evento o reitor do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), Anderson Corrêa.

O avião foi totalmente restaurado por meio de trabalho voluntário realizado por ex-funcionários da Embraer e alunos do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza). Diariamente, das 18h às 21h, ele ficará totalmente iluminado.

Voluntários do projeto e moradores que compareceram ao Parque Santos Dumont elogiaram o trabalho coordenado pela Prefeitura. "O avião ficou muito bonito. A Prefeitura está de parabéns. É um grande presente para os moradores da cidade neste aniversário de 250 anos", disse a dona de casa Bruna Costa, 28 anos, que mora no Jardim Ismênia, na zona leste.

"É um dia muito especial. Ver o avião totalmente restaurado é o coroamento de todo o nosso esforço", afirmou José Dimas da Silva, 61 anos, que trabalhou na parte elétrica do avião quando ele foi fabricado, no final da década de 60.

Mais notícias
Gabinete
Manutenção da Cidade
Governança