Forças policiais
01/11/2017

Carregando imagens...

"São José Unida" mostra eficiência nas operações conjuntas de segurança

O resultado da união de esforços entre a Prefeitura de São José dos Campos e os órgãos de segurança que atuam no município foi apresentado na terceira reunião do “São José Unida - Segurança e Inteligência”, na última semana, no Paço Municipal. 

Participaram do encontro representantes das secretarias de Proteção ao Cidadão e Mobilidade Urbana, os comandos das polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária, Corpo de Bombeiros, guardas municipais, autoridades municipais, entre outros.

A comandante do CPI-1 (Comando de Policiamento do Interior 1), coronel Eliane Nikoluk, falou sobre a importância da sinergia da união das polícias, o apoio da GCM (Guarda Civil Municipal) e o compartilhamento das instituições de segurança e o alcance de melhores resultados no índice criminal do município. 

Nikoluk pontuo a queda de crimes de homicídio, furto, roubo, roubo de veículos e estupro, entre outros, durante a apresentação dos dados oficiais da segurança pública. Ocorrências de homicídios, por exemplo, sofreram queda de 34% nos nove primeiros meses deste ano. De janeiro a setembro, foram 37 casos. Em todo o ano passado foram 56 crimes. 

A queda no número roubos no mês de setembro foi expressiva --42,1%, ou seja, 176 casos a menos do que setembro de 2016. No acumulado de janeiro a setembro, São José conseguiu reduzir em 26% essas ocorrências, comparadas ao mesmo período do ano passado. 

Segundo a comandante, a aproximação da Prefeitura com as demais instituições, o partilhamento de informações em prol da segurança, a integração das ações, as operações exclusivas com a participação da Guarda Civil e o uso de tecnologias, tanto no operacional quanto dentro dos batalhões, têm contribuído para dexar a cidade mais segura.   

“Incluo na lista outras diversas melhorias como o Projeto Detecta/Radar, sistema do Imei (consulta de celulares), as melhorias e ampliação do programa Vizinhança Solidária e a mudança da central de atendimento do Samu para dentro do Copom, são alguns dos exemplos que conseguimos com essa sinergia”, disse. 

O comando da Polícia Civil destacou a importância do terminal do COI (Centro de Operações Integradas) para as investigações e a produtividade da equipe na condução e conclusão dos inquéritos. “Estamos cada vez mais melhorando nossas instalações (Polícia Civil) e não existe cidade como São José que contribui com a segurança pública”, disse o delegado Leon Nascimento.

Carro elétrico na GCM 

Durante o encontro, a Secretaria de Proteção ao Cidadão apresentou uma nova viatura elétrica para a GCM para o uso no patrulhamento em vias públicas e, principalmente, em torno dos equipamentos públicos como poliesportivos, praças, escolas e outros próprios da Prefeitura. 

A nova viatura, um modelo chinês que será usado em período de teste, tem autonomia para rodar até 400 km com recarga elétrica, que pode ser feita até em uma hora e meia. Na China, por exemplo, a polícia local utiliza 25 mil modelos para a ronda comunitária e patrulhamento ostensivo, segundo o engenheiro de infraestrutura para veículos elétricos da BYD do Brasil, Alexandre Travi. 

Investimento na Guarda

A modernização e a capacitação dos guardas têm sido prioridade da atual gestão. A cada mês, o comando da GCM investe em treinamento não só com os guardas do município, mas também de outras cidades da região, além de cidades do sul de Minas Gerais. 

Em São José, a corporação recebeu novos coletes balísticos e blusões. Na próxima semana, será feita a distribuição de novos capacetes e dado início ao processo de compra de uniformes.

Outra novidade apresentada e que vai contribuir com o aprimoramento dos GCMs é a construção de um estande de tiros para o treinamento e aperfeiçoamento da corporação. O local escolhido é uma antiga pedreira na região norte. Nesse processo, conforme previsto em lei, os órgãos Polícia Federal e Exército participam homologando e aprovando a estrutura. 

A Secretaria de Proteção ao Cidadão também disponibilizou um Segway --um diciclo que funciona a partir do equilíbrio do guarda, no Parque Santos Dumont, para auxiliar na ronda dentro do local e dar mais segurança à população. 

Crianças e adolescentes

Na última semana, a Secretaria se reuniu com a Diju (Delegacia da Infância e Juventude), a Vara da Infância, a Prefeitura, o Comad (Conselho Municipal de Atenção às Drogas), a Promotoria e a Polícia Militar, para discutir ações efetivas para combater o uso e a venda de álcool aos adolescentes.

Segundo o delegado da Diju, Neimar Camargo Mendes, o trabalho de prevenção mira crianças e adolescentes, comerciantes e representantes de mercados e adegas e os familiares dos jovens. 

Uma parceria entre a delegacia e a Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) vai dar origem à criação de uma oficina para reparos e ajustes de bicicletas apreendidas em ocorrências envolvendo adolescentes. 

A Fundhas já recebeu 120 bicicletas nos mais diversos estados de conservação. Deste total, 30% serão recuperadas e as demais serão desmontadas para compor o estoque de reposição de peças. 

Mobilidade

A ampliação do número de blitz do programa Lei Seca, da Secretaria de Mobilidade Urbana, também foi tema do encontro. Neste ano foram realizadas 20 ações de fiscalização em parceria com todas as forças de segurança como a Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Polícias Rodoviária Estadual e Federal. Em todas as ações, aproximadamente 1.600 pessoas foram abordadas e submetidas ao teste de alcoolemia realizado pelo Detran, juntamente com policiais.

Outra novidade que traz benefícios para o trânsito é o credenciamento de 622 policiais militares para atuar na fiscalização, o que vai reforçar o efetivo para garantir o cumprimento das leis de trânsito e contribuir para a melhoria das condições de segurança nas ruas.

Também neste sentido, parte do grupamento da Guarda Civil Municipal está sendo destacado e credenciado para atuar na fiscalização de trânsito.

O Programa

O programa “São José Unida - Segurança e Inteligência” é responsável por reunir as forças de segurança do município, com o objetivo de definir ações conjuntas e contribuir com o combate à criminalidade, garantir o ordenamento urbano e promover maior sensação de segurança para a população.  

Mais notícias
Proteção ao Cidadão
Mobilidade Urbana
Fundhas