"A Magia do Natal"
24/11/2017

Carregando imagens...

Alunos da Fundhas encenam peça natalina no Teatro Municipal

Nesta segunda (27), às 20 horas, no Teatro Municipal (rua Rubião Júnior, 84, centro), acontecerá a abertura do espetáculo “A Magia do Natal”, resultado de uma parceria da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) e da Ajas (Associação Joseense de Assistência Social) que levará ao palco 70 componentes, sendo 20 alunos da Fundação.

Inspirada no fantástico Natal Luz, de Gramado (RS), a produção inclui música, dança, artes visuais, poesia e teatro para contar a emocionante história de uma menina que duvidava da existência do Natal. Para tirar essa dúvida, um exército de fadas, elfos e duendes entra em cena e a transporta para a fábrica de brinquedos do Papai Noel.

Foram cinco meses desde o planejamento da produção, dois destes de ensaio efetivo,  para que a apresentação pudesse ficar perfeita e emocionar o público. Os alunos são da Unidade Embraer e Unidade Jardim Paulista e a primeira exibição será para uma plateia de 400 funcionários e familiares das duas instituições.

A educadora de dança Luciana Araújo conta que foi necessário fazer uma audição para a seleção dos participantes e que foram utilizados  critérios habilidade, ritmo, atenção e disciplina. Ela aponta como diferencial desse trabalho o grande interesse das crianças e jovens e a integração dos pais em todas as etapas. “Além de trazermos a família como parceira percebemos o quanto eles se dedicaram  e se entregaram nos ensaios e a motivação deles superou todas as expectativas”, contou.

Tatiana Gaspar Cordeiro fará o papel de uma boneca bailarina e está muito ansiosa para se apresentar. “Eu não vejo a hora de chegar a segunda-feira pois poder participar deste espetáculo me trouxe muita alegria e para mim foi a melhor coisa da minha vida”, disse.

Thaina Priscilla fará o papel de soldado e disse estar emocionada só de pensar em se apresentar para muitas pessoas. “Eu acho que foi uma oportunidade incrível participar deste espetáculo,  pois fiz novos amigos e consegui vencer a parte mais difícil que foi subir no palco e perder a timidez”, afirmou.

O educador de música Robson de Souza Siqueira foi o responsável pelos ensaios dos alunos da Fanfarra, que farão a transição entre uma cena e outra como soldadinhos de chumbo. Eles trocaram os instrumentos do dia-a-dia na corporação musical para se dedicar aos ensaios para o papel  de soldadinhos de chumbo. “Ver que eles são capazes de se destacar em um projeto diferenciado e desafiador uniu ainda mais a equipe durante os ensaios”.

Mais notícias
Fundhas