Acolhimento
25/11/2017

Carregando imagens...

Pinheirinho recebe atividades de lazer e prestação de serviços

A  Prefeitura de São José dos Campos e a Polícia Militar realizaram neste sábado (25) o Movimento pela Paz, uma ação integrada que levou atividades esportivas, culturais e de lazer, além de prestação de diversos serviços a centenas de pessoas do Residencial Pinheirinho dos Palmares, na região sudeste.

As salas de aula da escola do bairro se transformaram em espaços de saúde, estética, nutrição, orientação jurídica, orientação social e uma exposição com o trabalho dos alunos da unidade escolar. Cerca de 60 integrantes da Fanfarra da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) fizeram uma apresentação especial, com músicas e coreografia.

As crianças participaram de jogos lúdicos e educativos, teatro de fantoches, pintura de rosto, oficina de confecção de pipas e diversas ações esportivas e culturais. A organização e a variedade de opções proporcionaram momentos de tranquilidade e interação das famílias, que procuraram o local para se informar e divertir. Uma roda de capoeira reuniu crianças e adultos nos movimentos dessa arte genuinamente brasileira.

Francisca Pereira, de 74 anos, levou as filhas, os netos e os bisnetos para o evento. Ela aprovou a ideia. “Isso aqui é muito bom para o divertimento das crianças. E elas estão gostando bastante, e eu também, porque está tudo tranquilo e todos se respeitando.”

Para Guilherme Gustavo dos Santos, 9 anos, o melhor de tudo foram as brincadeiras foram. “Já fui no pula-pula, em quase todos os brinquedos, e agora vou fazer uma pintura do Homem-Aranha no rosto e depois vou fazer uma pipa.”

Da mesma idade, Thiago Martiniano da Silva chegou muito cedo e a vontade era aproveitar todos os brinquedos até o final do dia. “Já joguei bola, fui no pula-pula e não vou embora cedo não.”

Quem também aproveitou para levar toda a família foi Alan Ferreira Lima, 40 anos. “Eu gosto desse movimento todo e de ver todo mundo se divertindo. Por isso eu fiz questão de trazer minha família para passar o dia aqui.” Opinião semelhante à de Aldenora Pereira da Silva, de 43. “ Isso aqui é bom para as crianças. Só de olhar a carinha de feliz das crianças, a gente fica feliz.”

Várias tendas foram montadas pela Prefeitura e por parceiros na praça que fica nos fundos da escola. Em uma delas, uma igreja disponibilizou roupas para doação. Cada família retirava uma senha e  tinha direito a dez peças.

Em outro estande foi possível fazer limpeza de pele e aprender as técnicas de beleza facial. Para quem quisesse fazer o cartão eletrônico de transporte coletivo, era só se dirigir ao espaço para atendimento aos moradores.

E para aliviar as dores do corpo, uma equipe apresentou aos participantes a técnica chinesa do lian gong (movimentos baseados em pontos da acupuntura).

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) levou 20 advogados das áreas cível, trabalhista, de família, criminal e previdenciária para dar orientações, tirar dúvidas e fazer os encaminhamentos necessários aos  órgãos competentes.

Mais notícias
Proteção ao Cidadão
Apoio Social ao Cidadão
Educação e Cidadania
Esporte e Qualidade de Vida
Saúde
Mobilidade Urbana
Fundhas