Museu Vivo terá bolinho caipira, artesanato em madeira e violeiros
01/10/2015

Carregando imagens...

O Museu do Folclore de São José dos Campos realiza vivências do Projeto Museu Vivo neste domingo (4), das 14h às 17h, com a presença de representantes da cultura popular local e regional, mostrando seus saberes nas áreas do artesanato, culinária e música. A atividade é aberta ao público, com entrada gratuita. Neste período, a exposição permanente do museu também estará aberta para visitas.

O artesão Silvio de Paula Siqueira, um dos convidados, conta que, apesar de morar na cidade, não se esquece dos 17 anos que viveu na roça, para onde quer voltar quando se aposentar. Enquanto não consegue realizar seu sonho, Silvio vai fazendo miniaturas em madeira de objetos que lembram a sua infância, como carros de boi, selas e pilões. No começo era um hobby e hoje vende o que produz. Silvio também toca violão e compõe músicas sertanejas.

Os violeiros Ivo Raimundo Pinto, nascido em São Bento do Sapucaí, e o joseense Valtecides dos Santos Malta tocam juntos há seis anos, mas suas histórias são bem diferentes. Ivo começou a tocar viola aos 11 anos em festas e rodas de amigos. Ele conta que aprendeu sozinho, pois, cresceu ouvindo modas caipiras, catira e forrós. Hoje, aposentado, dá aulas de viola.

Valtecides sempre gostou de música sertaneja, mas nunca tinha tempo para realizar seu sonho de aprender a tocar viola. Ao contrário de Ivo, só aos 50 anos, perto de aposentar-se, é que foi aprender, justamente com o atual parceiro. Valtecides aprendeu rápido e acabou desbancando o parceiro anterior de Ivo.

A culinária fica por conta de Ellen Graziela Aparecida Monteiro, que nasceu em São José dos Campos, no bairro do Buquirinha, onde, durante a infância, se dividia em ajudar o pai na olaria e na lavoura, e a mãe na cozinha. Mas foi com a tia que ela aprendeu a fazer bolinho caipira, utilizando farinha produzida pela própria família. Hoje, ela ainda faz a iguaria para as festas da igreja do bairro e tem um segredinho: não coloca cebola no recheio, pois, isto deixa a carne ‘aguada’ e faz o óleo espirrar durante a fritura. 

O Museu do Folclore de São José dos Campos fica na Avenida Olivo Gomes, 100 - Parque da Cidade, Santana. Informações: 3924-7318.

Mais notícias
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Governança