Alberto Simões será reaberto com sede da Polícia Ambiental
05/07/2017

Carregando imagens...

A Prefeitura de São José dos Campos reabre no próximo dia 21 de julho, o Parque Alberto Simões, na região norte da cidade.
 
O local foi inaugurado em setembro do ano passado, pela gestão anterior, mas foi entregue fechado para a atual administração. O parque sofreu ações de vandalismo, pichações, furto de fios, roubo das torneiras dos banheiros  e outras depredações que precisaram ser consertadas pelo governo.
 
As obras começaram a ser feitas em abril pela Urbam (Urbanizadora Municipal) e custaram aos cofres públicos R$ 430 mil para fazer os reparos necessários.
 
Com 125 mil metros quadrados de uma área verde privilegiada, o Parque Alberto Simões oferece à população espaço de convivência, lazer e prática de esportes radicais.
 
E a novidade é que a Polícia Ambiental vai instalar sua sede no Casarão do Parque e implantar um projeto de Educação Ambiental no local. Essa é mais uma iniciativa da São José Unida, criada pela Prefeitura, com o objetivo de reunir as ações das forças policiais para melhorar a segurança em nossa cidade.
 
O Parque
 
Instalado em uma área remanescente da antiga Fazenda Boa Vista, o parque é mais uma opção de lazer e diversão para os moradores. O local tem equipamentos para a prática de tirolesa, paredão para escalada, estrutura para arborismo, além de pista para caminhada, academia ao ar livre, playground, pistas de bike e skate.  
 
Após ser alvo de vandalismo e furto de criminosos, o parque passou por uma reestruturação e segue na fase final para a reabertura à comunidade. As obras realizadas pela Urbam que incluem a instalação de iluminação em todo o complexo do parque e a manutenção dos equipamentos de banheiros e grades.  O antigo casarão recebeu nova pintura nas paredes interna e externa.
 
Já os serviços como capina, jardinagem e limpeza são feitos por funcionários da Secretaria de Manutenção da Cidade.  O local conta com a vigilância da Guarda Civil Municipal, da Secretaria de Proteção ao Cidadão.
 
As atividades esportivas serão coordenadas pela Secretaria de Esportes e Qualidade de Vida.
 
Polícia Ambiental
 
O Casarão será a sede da Polícia Ambiental, que deixará o Parque da Cidade, para se instalar no Alberto Simões junto com outros dois órgãos estaduais: a Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais (CBTN) e a Coordenadoria de Fiscalização Ambiental (CFA), para atender as ocorrências ligadas às questões ambientais.
 
“Já conheci o espaço na semana passada. Será um importante passo para a Polícia Ambiental e as outras instituições que atuam sobre as questões ambientais. Acredito que a mudança trará muitos benefícios tendo em vista que São José tem muitas demandas, principalmente na zona norte, e São Francisco Xavier”, disse a tenente Francine, do 3° pelotão da 4ª Cia do 3° Batalhão de Polícia Ambiental.
 
É a primeira vez que a administração municipal cria estrutura para a Polícia Ambiental poder atender a população de São José e cidades da região. “Até o relacionamento com a população vai mudar. As pessoas serão atendidas na sede. Vai ser uma forma de tornar o trabalho ambiental mais conhecido na cidade por estarmos dentro de um parque”, afirmou. “Vamos ter um espaço para desenvolver cursos e workshops entre os policiais ambientais”, completou.

Repercussão

A população que vive em torno do parque está ansiosa para a reabertura do Alberto Simões. É o caso de Henrique Silva, de 20 anos, inspetor de alunos e morador há 12 anos do Altos de Santana. “É um espaço bom para as crianças que não tem um espaço dentro de casa para brincar”, disse.
 
O comerciante Vander Luiz, de 27 anos, comanda uma mercearia de frente para o parque há um ano. Ele comemorou a notícia da abertura do espaço para os moradores e contou sobre a procura de skatistas de diversas cidades da região.
 
“Boa notícia, será ótimo ver o parque funcionando e não é porque tenho comércio. É porque a gente vê que as pessoas querem frequentar, ter essa opção de lazer a mais. Eu mesmo tenho duas filhas (Lara, de 7 anos, e Lavínia, de 2 anos) que vão aproveitar os brinquedos”, disse.
 
Vander contou ainda que quase todas as semanas vê skatistas de outras cidades querendo saber quando a pista será inaugurada. “Vem pessoas de outros lugares que praticam o esporte visitar o parque para poder usar o espaço.”.

Mais notícias
Governança
Proteção ao Cidadão
Esporte e Qualidade de Vida
Gestão Habitacional e Obras
Manutenção da Cidade
Urbam