Aposentado supera a covid-19 após recorde de 73 dias internado no HM
02/09/2020
Idoso se recuperou da covid-19 após 73 dias internado
Idoso se recuperou da covid-19 após 73 dias internado

Ele saiu da enfermaria acenando e batendo palmas para os profissionais de saúde que o aguardavam no corredor para acompanhá-lo até a saída da ala covid do Hospital Municipal de São José dos Campos, que é mantido pela Prefeitura e gerenciado pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina). Conduzido na cadeira de rodas, Jair Cursino, de 66 anos, foi acolhido na parte externa por todos os integrantes da família – a mulher e os 6 filhos –, deixando para trás os 73 dias em que ficou internado – 49 deles na UTI.

Foi o paciente com o maior tempo de internação na unidade, onde ele chegou em 19 de junho. Jair também tem o recorde de maior permanência na UTI, permanecendo lá do dia 25 daquele mês até 13 de agosto.

A filha Juliana foi quem recebeu a ligação da enfermeira Michele no final da manhã desta terça-feira (1º) com a notícia da alta do pai. Imediatamente ela mobilizou os irmãos e, com a mãe, foram juntos buscar o aposentado, mais um paciente a vencer a covid-19, a exemplo dos outros 743 pacientes do Hospital da Vila que receberam alta desde o início da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

“Um momento muito emocionante para a gente, pois teve um período difícil da doença, mas hoje é só euforia”, afirmou Juliana. Ela lembra que foram 10 semanas de muita agonia. Jair chegou a ser entubado no 5º dia após dar entrada na ala covid.

Juliana ressalta que, apesar da ansiedade, a confiança na equipe médica e de enfermagem era muito grande. “O atendimento foi dos melhores, tando os cuidados ao meu pai como o feedback que a gente tinha, com os boletins dele. E as videochamadas deram mais tranquilidade para todos.”

Mais notícias
Saúde